Home Playlist das músicas mais tocadas de "1948"

Músicas Mais Tocadas de 1948

Atravessei sete montanhas Pra chegar no mar Porque nasci, nasci para bailar Abri veredas e cancelas pra poder passar Porque nasci, nasci para bailar Danço bolero, danço samba, danço chá-chá-chá Por que nasci, nasci para bailar Rimo Raimundo com a virada desse mundo Vou no raso, vou no fundo Mas um dia eu chego lá […]
Coqueiro de Itapoã, coqueiro Areia de Itapoã, areia Morena de Itapoã, morena Saudade de Itapoã me deixa Oh vento que faz cantiga nas folhas No alto dos coqueirais Oh vento que ondula as águas Eu nunca tive saudade igual Me traga boas notícias daquela terra toda manhã E joga uma flor no colo de uma […]
Um sorriso e depois Um aperto de mão Um encontro no cinema Um namoro no portão Muitos beijos e abraços Dados com muito calor Foi assim que começou O nosso grande amor Passam dias e semanas E passam meses também Vem papai, vem a mamãe E tudo vai muito bem Uma igreja e o altar […]
Cadê Zazá ?… Cadê Zazá ?… Saiu dizendo, vou alí, já volto já, Mas não voltou porque, porque será ? Cadê Zazá, zá, zá, zá, zá ? (Bis) Sem ela vou vender meu bangalô, Que tem tudo, mas não tem o seu amor, Sem ela pra que serve geladeira, Pra que ventilador ? Pergunto e […]
Dá licença, dá licenca Meu senhor Da licença, dá licença pra ioiô Eu sou amante da gostosa Bahia porém Pra saber seus segredos Serei baiano também Dá licança de gostar um pouco só A Bahia eu não vou roubar, tem dó Ai, já disse um poeta Que terra mais linda não há Isto é velho, […]
Fiz meu rancho na beira do rio Meu amor foi comigo morar E na rede, nas noites de frio Meu bem me abraçava pra me agasalhar Mas agora, meu Deus, vou-me embora Vou-me embora e não sei se vou voltar A saudade nas noites de frio Em meu peito vazio virá se aninhar A saudade […]
É com esse que eu vou Sambar até cair no chão! É com esse que eu vou Desabafar na multidão! Se ninguém se animar, Eu vou quebrar meu tamborim, Mas se a turma gostar Vai ser pra mim! Quero ver No ronca-ronca da cuíca Gente pobre, gente rica, Deputado e senador! Oi, quebra, quebra! Quero […]
No Abaeté tem uma lagoa escura Arrodeada de areia branca Ô de areia branca Ô de areia branca De manhã cedo Se uma lavadeira Vai lavar roupa no Abaeté Vai se benzendo Porque diz que ouve Ouve a zoada Do batucajé O pescador Deixa que seu filhinho Tome jangada Faça o que quisé Mas dá […]
Branca é branca preta é preta Mas a mulata é a tal, é a tal! Quando ela passa todo mundo grita: “Eu tô aí nessa marmita!” Quando ela bole com os seus quadris Eu bato palmas e peço bis Ai mulata, cor de canela! Salve salve salve salve salve ela!
Esses moços pobres moços Ah! Se soubessem o que eu sei Não amavam.. Não passavam aquilo que eu já passei Por meus olhos Por meus sonhos Por meu sangue tudo enfim É que eu peço a esses moços Que acreditem em mim Se eles julgam Que a um lindo futuro Só o amor nesta vida […]