Home Playlist das músicas mais tocadas de "Martinho da Vila"

Músicas Mais Tocadas de Martinho da Vila

Maiores Sucessos de Martinho da Vila:
Casa de bamba Top #19 (1969)
Canta canta minha gente Top #28 (1974)
Você não passa de uma mulher Top #39 (1975)
O pequeno burguês Top #42 (1969)
Meu laiáraiá Top #46 (1970)
Dancei Top #51 (1989)
Pra que dinheiro Top #56 (1969)
Distitmia Top #62 (1974)
Devagar, devagarinho Top #68 (1996)
10° Segure tudo Top #83 (1972)
11° Tá delicia, tá gostoso Top #84 (1995)
12° Dar e receber (ft Katia Guerreiro) Top #86 (2004)
Felicidade, passei no vestibular Mas a faculdade é particular Particular, ela é particular Particular, ela é particular Livros tão caros tanta taxa pra pagar Meu dinheiro muito raro Alguém teve que emprestar O meu dinheiro, alguém teve que emprestar O meu dinheiro, alguém teve que emprestar Morei no subúrbio, andei de trem atrasado Do trabalho […]
Quem tem seu amor não dorme Eu sei Por causa desses conformes Dancei Igual pipoca no fogo Pulei Depois da casa arrombada Acordei Aviso ao bicho homem Cuidado com a mulher Com carinho nos consome E se faz tudo que ela quer Os mais velhos me falaram E eu não acreditei O resultado agora Dancei
É devagar! É devagar! É devagar é devagar Devagarinho É devagar! É devagar! É devagar é devagar Devagarinho É devagar! É devagar! É devagar é devagar Devagarinho É devagar! É devagar! É devagar é devagar Devagarinho Devagarinho É que a gente chega lá Se você não acredita Você pode tropeçar E tropeçando O seu dedo […]
Você é meu povo, você é meu samba Você é a bossa e a minha voz Pra você, eu trago, um sambinha novo Que eu fiz na fossa pra cantar a sós E também vieram beijos nunca dados Abraços guardados pra você sentir Mas eu quero mesmo é me enroscar num leito Apertar seu peito […]
Segure tudo que for conquistado Segure tudo que não for de mais Segure o braço do seu namorado Segure a menina rapaz Assegure um amor sem despedida Dando amor e lealdade Pra não terminar a vida No tal bloco da saudade Assegure o pão de cada dia Trabalhando com vontade Segura, segura, segura, não larga […]
Eu quero me esconder debaixo Dessa sua saia prá fugir do mundo. Pretendo também me embrenhar No emaranhado desses seus cabelos. Preciso transfundir teu sangue Pro meu coração, que é tão vagabundo. Me deixa te trazer num dengo Prá num cafuné fazer os meus apelos. Me deixa te trazer num dengo Prá num cafuné fazer […]