Home Playlist das músicas mais tocadas de "Vicente Celestino"

Músicas Mais Tocadas de Vicente Celestino

Murcharam no jardim os crisântemos, As magnólias se despetalaram, As rosas de perfume tão amenos Sentindo tua ausência desmaiaram. O vento agora passa soluçando, As flores que morreram carregando, O próprio vento entende a minha solidão E a viuvez do meu dorido coração. Aquele sabiá que na alvorada Vinha te dar a matutina saudação, Ao […]
Lá na serra altaneira Onde a cachoeira Passa a murmurar A alma se enebria Na doce harmonia Do branco luar Sob um docel de estrelas Que supõe ao vê-las Olhos a brilhar O coração palpita E todo nos grita Como é belo amar E ao frescor tão salutar Das madrugadas Divina aroma sem igual perfumadas […]
Um dia Eu em Andaluzia Ouvi um cigano cantar Havia No cantar nostalgia De castanholas batidas ao luar Mas era A canção tão sincera Que eu a julguei para mim E agora que a minh’alma te chora Ouve bem a canção que era assim O amor tem a vida da flor Não sonhe alguém Do […]
À suave e meiga luz desse luar, Iluminando com doçura esta mansão, Acordar vem sem querer o coração, Que já cansado ele se achava de sonhar, Vem depressa me escutar, A mágoa ouvir de um coração, Que está ferido, Está perdido por te amar! Vem ver este luar, o canto meu sentir, O meu amor […]
Noite alta, céu risonho A quietude é quase um sonho O luar cai sobre a mata Qual uma chuva de prata De raríssimo esplendor Só tu dormes, não escutas O teu cantor Revelando à lua airosa A história dolorosa desse amor Lua… Manda a tua luz prateada Despertar a minha amada Quero matar meus desejos […]
Nasci artista Fui cantor Ainda pequeno levaram-me para uma escola de canto O meu nome, pouco a pouco, foi crescendo, crescendo Até chegar aos píncaros da glória Durante a minha trajetória artística tive vários amores Todas elas juravam-me amor eterno Mas acabavam fugindo com outros Deixando-me a saudade e a dor Uma noite, quando eu […]
Disse um campônio à sua amada: “Minha idolatrada, diga o que quer Por ti vou matar, vou roubar Embora tristezas me causes mulher Provar quero eu que te quero Venero teus olhos, teu porte, teu ser Mas diga, tua ordem espero Por ti não importa matar ou morrer” E ela disse ao campônio, a brincar […]
Vinha por este mundo sem um teto Dormia as noites num banco tosco de jardim Sem ter a proteção de um afeto Todas as portas estavam fechadas para mim… Mas Deus, que tudo vê e nos consola Em seu sagrado Templo me acolheu E, além de me ofertar aquela esmola Meu destino transformou Meu sofrimento […]