Sabor do samba – Patrício Teixeira

Não há,
Quem não goste da harmonia,
E também da melodia,
Que ao samba dá sabor, ô, ô,
Do subúrbio à cidade,
O samba é novidade,
Quem canta samba é doutor.
(bis)

O samba é feito,
De bossa e no momento,
Cantando sua amizade,
Ele inspira o pensamento,
Sempre foi feito,
Com poesia e amor,
Cantando com melodia,
Para ter o seu valor.
(bis)

Peço licença para dizer,
Que em dia,
O samba lá no morro,
Também tem sua valia,
Eu fui a um samba,
Na alta sociedade,
Vendo sambista de Smoking,
Eu me senti a vontade…