Inevitável – Bruno e Marrone (🏅Top 26 #2005)

Me devora
Depois some
A alma chora…

É inevitável
Te amar assim
Quantas vezes digo. não
Mas lá no fim
Sempre me entrego
É inevitável
Toda essa paixão
Se tento esquecer
Lá dentro o coração
Fica surdo, fica mudo, ficacego…