Home Playlist das músicas mais tocadas de "Francisco Alves"

Músicas Mais Tocadas de Francisco Alves

Vem, vem Que eu dou tudo a você Menos vaidade Tenho vontade Mas é que não pode ser O amor é o do malandro Oh, meu bem Melhor do que ele ninguém Se ele te bate É porque gosta de ti Pois bater-se em quem Não se gosta Eu nunca vi
Por que foi que tu deixaste nossa casa na Favela ? Num quero saber mais dela num quero saber mais dela A casa que te dei tem uma porta e jinela num quero saber mais dela não quero saber mais dela Purtugues, tu não me invoca me arrespeita, eu sou donzela num vou na tua […]
Eu tenho uma tesourinha Que corta ouro e marfim Serve também para cortar Línguas que falam de mim Ó pé de anjo, ó pé de anjo És rezador, és rezador Tens um pé tão grande Que és capaz de pisar Nosso Senhor, Nosso Senhor A mulher e a galinha São dois bichos interesseiros A galinha […]
Subi lá no morro só pra ver o que o negro tem Pra sambar gostoso e fazer samba como ninguém Subi lá no morro só pra ver o que o negro tem Pra sambar gostoso e fazer samba como ninguém Negro sambando esquece da dor Negro transporta pro samba o amor E faz sambar muita […]
Eu queria saber por que é Que este homem bateu na mulher Que mulher engraçada e adorada Que se acostumou com a pancada! Ai, como é bão querer! Sofrer calado Sem ninguém saber Alivia estes olhos pra lá Que ainda ontem eu fui me rezar Tenho medo desse olhar Que procura-me a vida atrasar.
A Bahia não dá mais coco para botar na tapioca Pra fazer o bom mingau para embrulhar o carioca Papagaio louro do bico dourado Tu falavas tanto qual a razão que vives calado Não tenhas medo coco de respeito Quem quer se fazer não pode Quem é bom já nasce feito
Minha cabocla, a Favela vai abaixo Quanta saudade tu terás deste torrão Da casinha pequenina de madeira que nos enche de carinho o coração Que saudades ao nos lembrarmos das promessas que fizemos constantemente na capela Pra que Deus nunca deixe de olhar por nós da malandragem e pelo morro da Favela Vê agora a […]
Fugindo da nostalgia Vou procurar alegria Na ilusão dos cabarés Sinto beijos no meu rosto E bebo por meu desgosto Relembrando o que tu és E quando bebendo espio Uma taça que esvazio Vejo uma visão qualquer Não distingo bem o vulto Mas deve ser do meu culto O vulto dessa mulher… Quanto mais ponho […]
Favela oi,favela, Favela que guardo no meu coração Ao recordar com saudade A minha felicidade Favela dos sonhos de amor E do samba-canção Hoje tão longe de ti Se vejo a lua surgir Eu relembro a batucada E começo a chorar Favela das noites de samba Berço dourado dos bambas Favela é tudo que eu […]
Nem tudo que se diz se faz eu digo e serei capaz de não resistir nem é bom falá se a orgia se acabá. Tu falas muito meu bem e precisas deixá se não eu acabo dando prá gritá na rua: ó, eu quero uma mulher bem nua ! Mas esta vida não há quem […]
Quem acha vive se perdendo Por isso agora eu vou me defendendo Da dor tão cruel desta saudade Que por infelicidade Meu pobre peito invade Por isso agora lá na penha Vou mandar minha morena Pra cantar com satisfação E com harmonia Esta triste melodia Que é meu samba em feitio de oração Batuque é […]
Se você jurar que me tem amor Eu posso me regenerar Mas se é para fingir, mulher A orgia assim não vou deixar Muito tenho sofrido Por minha lealdade Agora estou sabido Não vou atrás de amizade A minha vida é boa Não tenho em que pensar Por uma coisa à-toa Não vou me regenerar […]
Não sei por que se estás ao meu lado sem nada dizer sinto em mim o coração margurado na aflição de um velho sonho reviver… o silencio é que fala do passado. Deixa que a boca em tua boca embriagado de loucura e de esplendor possa te dizer chorando quanto é pouca a vida para […]
Estou vivendo com você Num martírio sem igual Vou largar você de mão Com razão Para me livrar do mal Supliquei humildemente Pra você se endireitar Mas agora, francamente Nosso amor vai se acabar Vou embora afinal Você vai saber porque É pra me livrar do mal Que eu fujo de você
Por que bebes tanto assim rapaz? Chega, já é demais Se é por causa de mulher É bom parar Porque nenhuma delas Sabe amar Se tu hoje estás sofrendo É porque Deus assim quer E quanto mais vai bebendo Mais lembras desta mulher Não crês, conforme suponho, Nestes versos de canção: “Mais cresce a mulher […]
O cinema falado é o grande culpado da transformação Dessa gente que sente que um barracão prende mais que o xadrez Lá no morro, seu eu fizer uma falseta A Risoleta desiste logo do francês e do Inglês A gíria que o nosso morro criou Bem cedo a cidade aceitou e usou Mais tarde o […]
Depois de tudo acostumado, foi pior Ela me viu, cuspiu de lado, na maior (na maior) Meu travesseiro tá molhado é o meu suor Quem precisar de mim me encontre, eu tô na moda Não tem mais papo, choro nem vela Foi ela quem invadiu o meu endereço Fez um fogo no começo Fez um […]
Esta mulher Há muito tempo me provoca Dá nela! Dá nela! É perigosa Fala mais que pata choca Dá nela! Dá nela! Fala,língua de trapo Pois da tua boca Eu não escapo Agora deu para falar abertamente Dá nela! Dá nela! É intrigante Tem veneno e mata a gente Dá nela! Dá nela!
Nada de novo na frente ocidental As batalhas de confete na avenida central Paz! Paz! Paz e muita harmonia Na bateria do carnaval Nada de novo na frente ocidental As batalhas de confete na avenida central Paz! Paz! Paz e muita harmonia Na bateria do carnaval O correio chegou Notícias eu li O tempo fechou […]
Brasil, meu Brasil brasileiro Meu mulato inzoneiro Vou cantar-te nos meus versos O Brasil, samba que dá Bamboleio que faz gingar O Brasil do meu amor Terra de Nosso Senhor Brasil! Brasil! Pra mim… Pra mim… Ô, abre a cortina do passado Tira a mãe preta do cerrado Bota o rei congo no congado Brasil! […]
Deixa essa mulher chorar Deixa essa mulher chorar Pra pagar o que me fez Pra pagar o que me fez Zombou de quem soube amar, por querer Hoje toca a tua vez de sofrer Não te lamentes O mundo é mesmo assim Chora, que eu já chorei E tu zombaste de mim Amei e não […]
Deusa ! visão do céu que me domina luz de uma estrela que ilumina um coração pobre de amor teu trovador chorando as mágoas ao luar vem aos teus pés para implorar as tuas graças divinais consolação e nada mais ! Deusa ! anjo do céu, meu protetor nas alegrias e na dor Sagrado ser […]
Que Rei sou eu? Sem reinado e sem coroa Sem castelo e sem rainha Afinal, que rei sou eu? O meu reinado É pequeno e é restrito Só mando no meu distrito Por que o rei de lá morreu (Bis) Não tenho criado de libré Carruagem sem mordomo E ninguém beija meus pés! Meu sangue […]
Eu sonhei que tu estavas tão linda Numa festa de raro esplendor Teu vestido de baile, lembro ainda Era branco, todo branco, meu amor A orquestra tocou umas valsas dolentes Tomei-te aos braços, fomos dançando Ambos silentes E os pares que rodeavam entre nós Diziam coisas trocavam juras A meia voz Violinos enchiam o ar […]
Relembro sem saudade o nosso amor O nosso último beijo e último abraço Porque só me ficou Da históris triste deste amor A história dolorosa de um fracasso. Fracasso Por te querer assim como eu quis Fracasso Por não poder fazer-te feliz Fracasso por te amar Como a nenhuma outra eu amei Chorar o que […]
Ai, ai, ai, Isaura Hoje eu não posso ficar Se eu cair em teus braços Não há despertador Que me faça acordar Eu vou trabalhar O trabalho é um dever Todos devem respeitar Ô, Isaura, me desculpe No domingo eu vou voltar Seu carinho é muito bom Ninguém pode contestar Se você quiser eu fico […]
Dá licença, dá licenca Meu senhor Da licença, dá licença pra ioiô Eu sou amante da gostosa Bahia porém Pra saber seus segredos Serei baiano também Dá licança de gostar um pouco só A Bahia eu não vou roubar, tem dó Ai, já disse um poeta Que terra mais linda não há Isto é velho, […]
Brasil, és no teu berço doirado, Um índio civilizado, E abençoado por Deus ! Oh, meu Brasil ! Oh meu, Brasil, gigante de um continente, És terra de toda gente, Orgulho dos filhos teus ! Oh ! Meu Brasil ! Tudo em ti nos satisfaz, Liberdade, amor e paz, No progresso em que te agitas, […]
A sorrir você me apareceu E as flores que você me deu Guardei no cofre da recordação Porém depois você partiu Prá muito longe e não voltou E a saudade que ficou Não quis abandonar meu coração A minha vida se resume Oh! Dama das Camélias Em duas flores sem perfume Oh! Dama das Camélias.
Sob a mesma solidão que ontem meu coração viveu, sofreu, quase morreu no inferno da recordação no inferno de uma saudade na noite de infelicidade noite que o enganou e depois passou. Sinto-o hoje perguntar por que insisto em procurar a Dama que me fez vibrar pelo salão esta Dama que eu amei num vestido […]
Você sabe o que é ter um amor, meu senhor ? ter loucura por uma mulher ? e depois encontrar esse amor, meu senhor nos braços de outro qualquer ? Voce sabe o que é ter um amor, meu senhor e por ele quase morrer e depois encontra-lo em um braço que nem um pedaço […]
Esses moços pobres moços Ah! Se soubessem o que eu sei Não amavam.. Não passavam aquilo que eu já passei Por meus olhos Por meus sonhos Por meu sangue tudo enfim É que eu peço a esses moços Que acreditem em mim Se eles julgam Que a um lindo futuro Só o amor nesta vida […]
Com pandeiro ou sem pandeiro Eh eh eh eh, eu brinco Com dinheiro ou sem dinheiro Eh eh eh eh eu brinco No céu a lua caminha Tão triste sozinha Pra não ser triste também com pandeiro ou sem pandeiro meu amor, eu brinco Com pandeiro ou sem pandeiro Eh eh eh eh eu brinco […]
Adeus, adeus, adeus Adeus Adeus, adeus, adeus Cinco letras que choram Num soluço de dor Adeus, adeus, adeus É como o fim de uma estrada Cortando a encruzilhada Ponto final de um romance de amor Quem parte tem os olhos rasos d’água Ao sentir a grande mágoa Por se despedir de alguém Quem fica, também […]
Podemos ser amigos simplesmente Coisas do amor, nunca mais Amores do passado, no presentem Repetem velhos temas tão banais Ressentimentos passam como o vento São coisas do momento São chuvas de verão Trazer uma aflição dentro do peito É dar vida a um defeito Que se extingue com a razão Estranha no meu peito Estranha […]
Este brasil tão grande amado É meu país idolatrado Terra de amor e promissão Toda verde toda nossa De carinho e coração Na noite quente, enluarada O sertanejo está sozinho E vai cantar pra namorada No lamento do seu pinho E o sol que nasce atrás da serra A tarde em festa rumoreja Cantando a […]
Não é vivendo que se aprende, Odete Mas é vivendo que se aprende a viver A vida passa, eu fico louco Fico rouco, fico pouco me importando Com o que vai acontecer A vida passa, eu fico louco Fico pouco, fico pouco me importando E preocupado com você Você é mesmo carne de pescoço Você […]
Quando a noite descer insinuando um triste adeus olhando nos olhos teus hei de beijando teus dedos dizer : Boa noite, amor , meu grande amor contigo eu sonharei e a minha dor esquecerei se eu souber o sonho teu foi o mesmo sonho meu Boa noite amor e sonha enfim pensando sempre em mim […]
Serra da Boa Esperança, esperança que encerra No coração do Brasil um punhado de terra No coração de quem vai, no coração de quem vem Serra da Boa Esperança meu último bem Parto levando saudades, saudades deixando Murchas caídas na serra lá perto de Deus Oh minha serra eis a hora do adeus vou me […]
Bota o retrato do velho outra vez Bota no mesmo lugar Bota o retrato do velho outra vez Bota no mesmo lugar O sorriso do velhinho faz a gente trabalhar O sorriso do velhinho faz a gente trabalhar Eu já botei o meu E tu não vais botar Eu já enfeitei o meu E tu […]