Bem Te Vi – Gastão Formenti

Bem-te-vi bateu asa e no galho do pau pousou
Bem-te-vi bateu asa e no galho do pau pousou
E o diabo do garoto jogou uma pedra, matou
E o diabo do garoto jogou uma pedra, matou

Mas que garoto tão perverso e tão malvado
Mas que garoto tão perverso e tão malvado
Foi matar o bichinho que estava no galho pousado
Foi matar o bichinho que estava no galho pousado

(intervalo instrumental)

Eu nunca vi um garoto tão judeu
Eu nunca vi um garoto tão judeu
O bichinho sem vida ele apanhou, mordeu
O bichinho sem vida ele apanhou, mordeu

Se ele soubesse o segredo do bichinho
Se ele soubesse o segredo do bichinho
Acabava maluco e sempre falando sozinho
Acabava maluco e sempre falando sozinho